2 de agosto de 2020

O pagamento do abono salarial do PIS/Pasep e o saque emergencial do FGTS começaram a ser pagos juntos no mês de junho. Para cada benefício sendo pago os trabalhadores vão poder fazer uma retirada de até R$ 1.045 por benefício. Juntos quem recebe os dois pode receber até R$ 2.090.

Vale lembrar que o abono salarial está sendo liberado para os brasileiros que trabalharam de carteira assinada por pelo menos 30 dias. O calendário para todos teve inicio no dia 16 de julho, somente para os correntistas da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, nascidos de julho a dezembro e os servidores com inscrição final do Pasep de 0 a 4 receberam no dia 30 de junho.

Quanto ao saque emergencial do FGTS o benefício começou a ser pago no dia 29 de junho. O sistema de pagamentos é o mesmo do Auxílio Emergencial, onde existem dois calendários diferentes, o primeiro para recebimento em conta poupança social digital da Caixa que pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem e um segundo para saque em dinheiro e transferência para outros bancos.

auxílio emergencial

Saque emergencial do FGTS de R$ 1.045

O FGTS Emergencial tem dois calendários distintos de pagamento, o primeiro calendário, que recebe primeiro é por meio de pagamento via conta poupança social digital da Caixa Econômica Federal. Logo em seguida existe o calendário para quem deseja sacar o FGTS em dinheiro ou transferir para outros bancos.

De acordo com o governo a medida de pagar o FGTS com dois calendários, além de reduzir as aglomerações devido a pandemia, vai ajudar com o controle de emissão de cédulas no país.

Calendário FGTS emergencial

Mês de nascimentos Crédito em poupança social digital Saque em espécie ou transferência para outras contas
Janeiro 29/06/2020 25/07/2020
Fevereiro 06/07/2020 08/08/2020
Março 13/07/2020 22/08/2020
Abril 20/07/2020 05/09/2020
Maio 27/07/2020 19/09/2020
Junho 03/08/2020 03/10/2020
Julho 10/08/2020 17/10/2020
Agosto 24/08/2020 17/10/2020
Setembro 31/08/2020 31/10/2020
Outubro 08/09/2020 31/10/2020
Novembro 14/09/2020 14/11/2020
Dezembro 21/09/2020 14/11/2020

Abono salarial do PIS/Pasep

No último dia 16 de julho começaram os pagamentos da primeira parcela do PIS/PASEP 2020. Trabalhadores de todo o país recebem anualmente os valores correspondentes ao benefício, e devem ficar atentos ao calendário.

Segundo o texto que regulamenta o repasse, recebem o benefício aqueles trabalhadores com vínculo formal com empresas privadas ou públicas. Os pagamentos são diferentes, PIS pago para profissionais do setor privado e o PASEP é destinado aos que são servidores públicos.

Para receber é necessário ter carteira de trabalho por mais de 5 anos, além de terem tido remuneração de no máximo dois salários mínimos ao mês.

E ter trabalhado efetivamente com o mínimo de 30 dias consecutivos no ano-base, constatados em sua carteira de trabalho.

Calendário de pagamento do PIS

Calendário do PIS para quem trabalhou em empresa privada, respeitando o mês de nascimento do trabalhador:

Mês de nascimento Recebe a partir de
Julho 16 de Julho de 2020
Agosto 18 de Agosto de 2020
Setembro 15 de Setembro de 2020
Outubro 14 de Outubro de 2020
Novembro 17 de Novembro de 2020
Dezembro 15 de dezembro de 2020
Janeiro 19 de Janeiro de 2021
Fevereiro 19 de Janeiro de 2021
Março 11 de Fevereiro de 20201
Abril 11 de Fevereiro de 2021
Maio 17 de Março de 2021
Junho 17 de Março de 2021

Calendário do PASEP para os servidores públicos, respeitando o número final da inscrição:

  • Final da inscrição 0: recebem a partir de 16 de julho de 2020
  • Final da inscrição 1: recebem a partir de 18 de agosto de 2020
  • Final da inscrição 2: recebem a partir de 15 de setembro de 2020
  • Final da inscrição 3: recebem a partir de 14 de outubro de 2020
  • Final da inscrição 4:recebem a partir de 17 de novembro de 2020
  • Final da inscrição 5: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021
  • Final da inscrição 6 e 7: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Final da inscrição 8 e 9: recebem a partir de 17 de março de 2021

O post PIS/Pasep e FGTS: Beneficiários podem receber os dois e acumular até R$ 2.090 apareceu primeiro em Jornal Contábil – Com você 24 horas por dia.